EScola Bilíngue ou Internacional ?

Atualmente existem cerca de 180 escolas que classificam-se como bilíngües no Brasil . Um mercado que segundo uma matéria veiculada na revista ISTO É (N° Edição: 1972), cresceu 15% em um ano. Não existe uma única definição amplamente aceita de uma escola bilíngüe em publicações ou no direito brasileiro. Então vou tentar explicar da maneira mais clara possível de modo a esclarecer o assunto não só a professores ou aqueles que tenham interesse na área mas também para pais em dúvida sobre qual escola escolher para seu filho.

A princípio,todas as escolas reconhecidas no Brasil, sejam elas bilíngües ou não, devem seguir as diretrizes do Ministério da Educação e Cultura (MEC) . Todas devem ter no mínimo 200 dias letivos por ano, todos devem começar o 1º ano com em seis anos de idade, etc .MEC publica também os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), e todas as escolas precisam estar atentas a eles. Os PCNs não são um currículo prescrito e que deva ser seguido a risca,
mas sim uma referência, dando a cada escola a sua própria liberdade para projetar seus cursos . No Brasil, existem basicamente dois tipos de “escolas bilíngües”: escolas internacionais e escolas brasileiras bilíngues.

Escolas internacionais, como o nome sugere, privilegiam a cultura do seu país de origem e utilizam um currículo “importado” com base no currículo estrangeiro. Uma parte do seu quadro de professores é compostas por estrangeiros, a maioria contratada em feiras próprias para este fim. Neste tipo de escola a língua estrangeira é favorecida com todas as matérias ministradas na língua estrangeira e a maioria conduz os programas de alfabetização na língua estrangeira antes do Português. O ano letivo começa em agosto e,em algumas, aulas de Português ou História do Brasil podem ser apenas uma opção. Há casos inclusive de escolas que sequer são reconhecidas pelo MEC. .

As escolas brasileiras bilingues, por outro lado, seguem o currículo nacional padrão e têm a preocupação de valorizar a cultura brasileira . A maioria segue um programa 50/50. Com 50% da instrução recebida na língua estrangeira e 50% em Português. O processo de alfabetização nestas escolas é realizado primeiro em Português e só depois em Inglês. Os alunos também aprendem o conteúdo na língua estrangeira. Matemática e Ciências, por exemplo são geralmente ensinados utilizando-se a segunda língua. A aula de ciências não é apenas ciência, mas a ciência junto com os objetivos de linguagem, ampliando os horizontes do aluno e proporcionar a prática da língua autêntica. É através da Aprendizagem Integrada de Conteúdos ou Content and Language Integrated Learning ( CLIL) que as escolas bilíngües são capazes de abrir a mente do aluno e levá-los a pensar na língua estrangeira. Ou seja, em escolas bilíngües de qualidade não SE APRENDE SÓ INGLÊS,e sim SE APRENDE EM INGLÊS.

Fico devendo para um próximo post uma explicação melhor do CLIL,OK?

2 comentários (+add yours?)

  1. Eliane Gonçalves
    Ago 19, 2015 @ 15:57:35

    As escolas bilingues no Brasil não são somente de língua inglesa, como sugere o texto. É importante e oportuno relatar a existência de escolas bilingues de outros idiomas, como espanhol, alemão, francês, japonês etc. Não podemos mais reduzir a nossa educação somente à língua inglesa.

    Responder

    • focuseducacional
      Ago 27, 2015 @ 14:13:41

      Sim,Eliane, você está certíssima!Não foi nossa intenção sugerir que elas sejam apenas de Língua Inglesa, embora a realidade que temos hoje no Brasil é que a grande maioria trabalha apenas com a Língua Inglesa.

      Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: